Contacte-me para mais informações e/ou marcações.

912 208 685
info@carlasantos.com.pt

Fitness

Não é novidade que, a dada altura da sua vida, uma grande fatia da população, dos países desenvolvidos, se vai debater  com problemas de excesso de peso e vai procurar uma forma de baixar esse peso. Num estudo feito com 100 pessoas, conclui-se que: Só 20 conseguiram, realmente perder peso  Só  4 pessoas conseguiram manter  o peso perdido Ora, com uma taxa de sucesso de apenas 4%, é importante perceber qual a estratégia a adotar para conseguir atingir o objectivo pretendido. Uma dieta de restrição calórica, por si só, não é sustentável no tempo. Assim o exercício físico desempenha um papel fulcral na perda de gordura.  88% das pessoas que tiveram sucesso na perda de peso, de forma sustentada, praticavam actividade física. Se acompanhados por um profissional , tiveram 50% mais resultados  do que sozinhos. Porque é que é importante este acompanhamento? Porque é

O processo de perda de peso (ou seja, queimar massa gorda) vs o de ter um corpo tonificado, com definição muscular (não confundir com hipertrofia), mais forte e mais saudável, são diferentes, mas podem e devem andar lado a lado. Ficam aqui algumas orientações para te ajudar no mesmo: Regista as tuas medidas periodicamente, cria um registo dos teus treinos, toma nota das tuas reações fisiológicas e emocionais (podes usar um gadget para te ajudar a ter uma maior consciência do teu batimento cardíaco, tensão arterial, qualidade de sono, etc). Não te fixes muito num número na balança. Registar as medidas, ver como te assenta a roupa, vestir um número abaixo do habitual e teres mais energia, são indicadores mais fidedignos de que estás no caminho certo do que a balança. Presta muita atenção ao que comes. Deves alimentar o teu

Todos sabemos que, às vezes, não é fácil manter a motivação para treinar, em alta. Manter um registo, tipo diário, de como se sente ao longo do tempo, quando treina regularmente, pode ajudar a manter essa motivação, enquanto ajuda a refletir sobre o seu progresso. Pode registar, por exemplo, os seus níveis de energia, a qualidade do sono, o seu humor e a forma como os exercícios vão ficando mais fáceis. Ficam algumas dicas de como monitorizar o seu progresso: Tirar fotos de frente, lado e trás, ajuda a perceber como vai evoluindo, sendo até um modo mais fiável de medir progressos do que a balança, que pode subir ou descer de acordo com a alimentação, noites mal dormidas, maior retenção de líquidos, etc, Tirar as suas medidas, ajuda a perceber que até pode parecer que não perdeu muito peso na balança